28.12.2016 - MP autoriza diferenciação de preços em função da forma de pagamento
Foi publicada nesta terça-feira (27/12/2016) medida provisória que autoriza a diferenciação de preços de bens e serviços oferecidos ao público em função do prazo ou do instrumento de pagamento utilizado. A MP 764/2016 também torna nula cláusula de contrato que proíba ou restrinja essa diferenciação.

A MP faz parte do pacote de medidas microeconômicas anunciadas pelo presidente Michel Temer no último dia 15 para aumentar a produtividade do país. Na prática, a medida deve permitir que os comerciantes cobrem um preço diferente caso o serviço seja pago à vista ou no cartão de crédito ou débito.

O Senado já discutiu o tema em 2013, quando aprovou o Projeto de Decreto Legislativo (PDS) 31/2013, autorizando a diferenciação de preços. A proposta é do senador Roberto Requião (PMDB-PR). Na época, órgãos de defesa do consumidor, como o Procon, manifestaram-se contra o projeto. A alegação é de que os consumidores que utilizam o cartão de crédito ou débito teriam um ônus duplo, pois, além de arcarem com despesas administrativas da operadora do cartão, ainda teriam que pagar mais pelo produto devido à forma de pagamento utilizada na compra.

O PDS 31/2013 tramita na Câmara como PDC 1506/2014 e se encontra pronto para a pauta na Comissão de Defesa do Consumidor, com relatório do deputado José Carlos Araújo (PR-BA) pela rejeição do projeto.

Fonte: Agência Senado




02.06.2017
15.01.2016
07.12.2015
06.11.2015
02.10.2015
02.09.2015
03.08.2015
02.07.2015
18.04.2015
11.02.2015
08.12.2014
07.11.2014
06.10.2014
02.09.2014
14.08.2014
03.07.2014
04.06.2014
19.05.2014
03.04.2014
06.03.2014
05.02.2014
03.01.2014
08.12.2013
01.11.2013
02.10.2013
02.09.2013
01.08.2013
01.07.2013


Conheça os serviços que a Tonatto Contabilidade pode oferecer à sua empresa.
Home | Institucional | Serviços | Consultas | Calendário | Tabelas Práticas | Notícias | Contato
Copyright - Todos os direitos reservados - Tonatto Contabilidade
GamPi